O belo cachorro Chihuahua – Tudo sobre a raça

O magnifico cachorro Chihuahua na História

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O belo cachorro Chihuahua - Tudo sobre a raça

A constituição do Chihuahua é repleta de polêmica. No século X existia um animal da raça Techichi, essa espécie convivia na mesma época dos Toltecas, e o Chihuahua é capaz de ser sucessor do Techichi. O Techichi era constatado em diversas obras rupestres dos templos nessa época.

Esses cachorros teriam sido imortalizados pelos astecas, sendo vistos como santos por causa de serem os “líderes” dos espíritos pelas “trevas”.
Consoante alguns especialistas, a origem dos Chihuahua seria capaz de ser de uma época bem mais remota, no Oriente, conforme uma uma tradição dos povos do Oriente, sendo esta raça distribuída à América pelos navios que negociavam com os asiáticos.
A única coisa em que os pesquisadores anuem, é no que diz respeito à nomenclatura dessa raça: Esses animais eram obtidos em comércios que eram localizados em um estado do México intitulado como “Chihuahua”. O primeiro cão foi legitimado legalmente no princípio dos anos 1900, sendo admitido então no AKC (American Kennel Club).

Características Físicas do Chihuahua

Suas orelhas destoam totalmente do restante de seu corpo, já que esse é mais longo do que crescido, e elas são bastante amplas. Seu rabo é arqueado em volta do seu dorso. Este espécime é capaz de ser achado em cores como o loiro claro, areia, marrom e prateado. Ainda por cima, podemos também achá-lo nas cores malhada ou uniforme, e seu pelo é capaz de ser curto ou extenso, tal como ondeado.
A pele dessa raça é lisa e elástica e as cadelas habitualmente são ligeiramente mais peludas e grandes. Todas as colorações do cão são possíveis, ainda todas as mesclas de cores e quanto mais exótico ele for, mais adorado eles serão. Porém, comumente encontramos o Chihuahua na tonalidade rubi turvo.
Em razão do tamanho, é essencial ter bastante cuidado com um Chihuahua dentro de casa por serem pequeninos e frágeis, especialmente no momento em que são recém-nascidos. Têm de quinze a vinte cm, seja para o macho ou para a fêmea. Independentemente do seu tamanho, é parecido com um Dobermann e também com um Aidi, que podem pesar até 40 vezes mais do que ele.

Temperamento do cachorro Chihuahua

O atrevido Chihuahua alcançou sua posição como cão toy predileto por sua grande veneração a um único indivíduo. Pode coabitar em harmonia com os demais cães, entretanto com pessoas desconhecidas ele é capaz de se fechar um pouco. Determinados cães tentam ser amigos, porém não são muito eficientes nessa situação. O seu comportamento varia: alguns espécimes serão bem atrevidos, outros mais retraídos. Embora, em todos os espécimes podemos perceber que ele é um cachorro bem impulsivo.
É um cachorro veloz, vigilante, dotado de enorme velocidade, pleno de motivação e coragem. Como cão de guarda, o Chihuahua está a todo momento atento. Destemido, o cachorro da raça Chihuahua é capaz de desafiar a cachorros enormes. Adora seu dono, todavia não é muito tolerante com ninguém que não esteja no seu relacionamento diário. Se suspeitar de algo, ele irá ladrar até conseguir chamar a atenção para si.
O Chihuahua é um animal sensível e o temperamento do proprietário, tal como o âmbito em que é criado, será capaz de sugestionar profundamente na personalidade desse espécime depois de adulto. Não é uma espécie particularmente tolerante com pequenas crianças e pode morder se estimulado, portanto é mais aconselhado para proprietários maduros, ou para famílias que possuam crianças mais desenvolvidas, que saibam entender-se com o caráter alvoroçado e intolerante do Chihuahua.

Benefícios de ter um cão Chihuahua

racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O belo cachorro Chihuahua - Tudo sobre a raça

Esta espécie é bem dócil e adaptável, sem mencionar a sua inteligência grandiosa. O seu porte o torna um cachorro compatível em variados lugares, o que inclui apartamentos, casas e chácaras.
Em razão de sua teimosia, ele não é simples de ser instruído, porém esta atividade não é nada impossível. Eles comportam-se adequadamente ao reforço positivo e podem, na maior parte das ocasiões, ser amestrados por todo tipo de método. Quanto antes você socializá-los com outros cães e pessoas desconhecidas, mais calma vai ser a acomodação deles.
É uma excelente espécie de cachorro para prédios ou até condomínios, já que a maior parte de suas necessidades são capazes de ser efetuadas dentro de casa, com brinquedos ou sessões de distrações. Apesar disso, eles amam, como as demais espécies, de exercer passeios diários pelas ruas com seus donos.

Problemas normais do Chihuahua

Chihuahuas geralmente são onívoros, quer dizer, comem de tudo e é necessário ter um cuidado especial com a nutrição apropriada e moderada pra eles. Contudo nunca exagere na quantidade! O essencial é qualidade. Não dê ao seu Chihuahua açucares e alimentos que contenham chocolate, estes alimentos são capazes de ser prejudiciais para seu corpo físico, ocasionando problemas de diabetes, excesso de gordura corporal e até mesmo levando certos cachorros à morte em casos mais sérias.
Se o seu cão for gorducho, ele pode apresentar diabetes, sua existência vai diminuir e obviamente eles irão ter distúrbios com suas juntas.
Diversos potenciais compradores dessa espécie querem cachorros extremamente pequenos, porém é necessário analisar, no momento da seleção, se não estão enfermos ou desnutridos ou, se forem saudáveis, em alguns casos poderão possuir uma vida reduzida e graves problemas de saúde. Não vá pensando que toda ração é aceita! Para qualquer Chihuahua existe um tipo de ração, alterando pelo porte, comprimento e peso.
Essa raça, entretanto, é muito assustada, invejosa e, em certas ocasiões, muito ameaçadora.

Atividades e perfil psicológico da raça Chihuahua

O Chihuahua é um cachorro entusiasmado, entretanto que é capaz de praticar exercícios correndo dentro da residência. Gosta de investigar o jardim ou fazer passeios curtos na corrente e adora seguir os familiares em exercícios ao ar livre. O Chihuahua não é um cachorro para viver do lado externo. Condições mais gélidas não são apropriadas para esta raça. Não é exigido demasiados cuidados ou tratamentos para a sua pelagem. Penteie-o de duas a três vezes semanais.
Oferte carinho para o seu cão continuamente. Eles optam por um membro da família como “seu” e sentem bastante saudade desta pessoa no momento em que ela está distante.
Coloque um peitoral no lugar de uma guia, com o intuito de preservar a garganta de seu cachorro à medida que ele anda. Isso também irã ajudar a prevenir um colapso da traqueia ou do palato mole.
Alimente-o com ração à base de carne. Para uma alimentação mais eficiente, assegure-se que o alimento tenha, ao menos, trinta por cento de proteína e vinte por cento de gordura. Fibras devem ser 4% ou menos.

Os Filhotes do Chihuahua

Ainda que os filhotinhos sejam bastante pequenos, existe bastante energia de sobra para eles. Ainda assim, têm que ser tomados cuidados excepcionais a fim de que nos primeiros meses de vida ele não seja vítima de tombos que sejam capazes de afetar sua ossatura ainda se formando.
Crias de Chihuahuas não são aconselhados para conviver com a meninada. Embora, caso escolha por adquirir um, dobre a sua atenção e nunca deixe uma criança desacompanhada com um Chihuahua.
Todavia os filhotinhos sempre se dão muito bem com outros animais de estimação, inclusive distraindo-se e correndo junto com eles. É somente necessário cuidar para que não haja uma disparidade de tamanho muito grande entre os elementos da brincadeira, impedindo assim todo tipo de ocorrência. Banhos só carecem de ser dados após a última porção de vacina, aos quatro ou cinco meses.
Para obter um cachorro saudável, nunca escolha um filhote de um tratador imprudente ou em uma loja de cachorros sem procedência. Pesquise por um criador estimado que teste seus cães reprodutores para se certificar que os cães estão livres de doenças genéticas que são capazes de ser transmitidas aos filhotinhos.

Curiosidades a respeito do Chihuahua

– Esta raça possui uma existência mais duradoura, conseguindo resistir mais tempo do que as demais espécies. E o comprimento é capaz de interferir, porque o enorme Dog Alemão costuma ter uma vida menos duradoura e o pequenino Chihuahua pode superar os 20 anos. Além disso, é uma espécie que não chega a ter distúrbios graves de saúde. A grandessíssima atriz norte-americana, Marilyn Monroe, estimava esta espécie. Ela tinha vários bichos de estimação: .