Tire suas dúvidas sobre leite materno 

Tire suas dúvidas sobre leite materno 

  Muitas mães se preocupam com a quantidade de leite que estão produzindo quando começam a amamentar e se o bebê está recebendo leite o suficiente para satisfazer suas crescentes necessidades. A melhor indicação de que a produção de leite está suficiente é ver o bebê está ganhando peso e crescendo dentro da curva de crescimento. É normal que um recém-nascido perca peso nos primeiros dias de vida, mas depois ele deve começar a ganha-lo de três a cinco dias após o nascimento. 

Sinais de que o leite materno é suficiente 

A amamentação deve ser confortável e indolor. Um recém-nascido se alimenta pelo menos seis a oito vezes por dia e está satisfeito após uma alimentação. Os seios da mãe esvaziam após a mamada.  O bebê solta o peito de forma espontânea quando se sente satisfeito.
Na maioria dos casos de suspeita de baixo consumo de leite, o verdadeiro problema não é sobre quanto leite a mãe tem, mas quanto leite o bebê consegue mamar. O primeiro passo é verificar se a criança está pegando o bico do peito corretamente, de forma que consiga sugá-lo e engolir o leite.  

 Amamentar um bebê sob livre demanda é importante para ajudá-lo a estabelecer uma rotina e manter a boa produção de leite. Se o recém-nascido tiver muito sono, talvez seja necessário acordá-lo e encorajá-lo a se alimentar com mais frequência.
Isso estimulará os seios a produzir mais leite. 

 O corpo adapta a produção de leite ao montante exigido. Então, ao começar a suplementar o bebê com fórmula ou outros alimentos, a produção de leite materno diminuirá. Quanto mais a mãe amamenta seu bebê, mais leite o corpo dela produzirá. 

Mas, quando a lactante está preocupada com o aumento do peso do bebê ou percebe que, de fato, não está produzindo leite materno suficiente, o melhor a fazer é consultar um médico. 

 Aumente seu leite materno com alimentação adequada 

Existe uma crença comum de que certos alimentos podem ajudar a aumentar a produção de leite materno. A verdade é que há muito pouca pesquisa nesse campo, o que não é suficiente para apresentar resultados conclusivos.  Mas existem os alimentos que são indicados para as lactantes por, teoricamente, ajudarem a incrementar a produção de leite materno. 

 O que comer para produzir mais leite materno? 

Embora haja uma pesquisa científica muito limitada ou, em alguns casos, nenhuma pesquisa científica para provar que alimentos ajudem a aumentar o leite materno, eles foram servidos por gerações para mães lactantes e muitas sentem que ajudaram. Mas, lembre-se de consumir todos esses alimentos com moderação e como parte de uma dieta equilibrada. E não tome quaisquer suplementos à base de plantas ou naturais sem consultar seu médico primeiro. 

 Sementes de erva-doce  

As sementes de erva-doce são tradicional remédio para o aumento da produção do leite materno. Elas são fornecidas a novas mães para ajudar a prevenir gases e as cólicas no bebê. 

 Alho pode alterar o gosto do leite materno 

Entre suas muitas propriedades curativas, como o benefício do sistema imunológico e a prevenção de doenças cardíacas, está, também, o incremento da produção do leite materno. Se você comer muito alho, pode afetar o sabor e o cheiro do leite materno. Um pequeno estudo descobriu que os bebês de mães que comiam alho tendiam a se alimentar por mais tempo, sugerindo que os bebês podem gostar do sabor do alho no leite materno. No entanto, o estudo foi pequeno demais para tirar conclusões significativas. E algumas mães dizem que seu bebê fica com cólicas se comem muito alho.

Vegetais de folhas verdes 

Os vegetais de folhas verdes, como espinafre, mostarda são uma excelente fonte de minerais, como ferro, cálcio e folato, e vitaminas como o betacaroteno (uma forma de vitamina A) e riboflavina. Também se acredita que melhoram a lactação. As mulheres que amamentam são recomendadas a comer uma ou duas porções de vegetais de folhas verdes diariamente.    

Gergelim aumentam o leite materno  

As sementes de gergelim são uma fonte não-láctea de cálcio. O cálcio é um nutriente importante para as mulheres que amamentam. Ele é importante para o desenvolvimento do bebê, bem como para a saúde da própria mãe.    

Manjericão sagrado  

O chá de manjericão sagrado é uma bebida tradicional para mães que amamentam. Não há pesquisas para sugerir que ele aumente a produção de leite materno, mas acredita-se que tenha um efeito calmante, melhore o movimento intestinal e promova um apetite saudável. Como com a maioria das ervas, o manjericão sagrado deve ser administrado com moderação. 

Aveia e mingau  

A aveia é uma excelente fonte de ferro, cálcio, fibra e vitaminas do B, e são populares com as mamães. A aveia também é tradicionalmente usada para aliviar ansiedade e depressão. Ela pode ser consumida como mingau e nele podem ser adicionados nozes, leite, especiarias ou frutas para melhorar o valor nutricional. 

É preciso comer ou beber mais calorias para ter mais leite materno? 

Isso depende do seu peso antes de engravidar e quanto de peso ganhou durante a gravidez. Se você estivesse abaixo do peso ou com um peso normal antes de engravidar, pode ser recomendado que coma um pouco mais do que o habitual para satisfazer as necessidades calóricas da amamentação. Se, por outro lado, você estivesse acima do peso antes de engravidar e ficasse com o peso esperado durante a gravidez, talvez não vá necessitar de calorias extras. Um médico poderá orientá-la sobre se você precisa de calorias a mais ou não. 

A recomendação geral é se guiar pelo seu apetite e comer quando estiver com fome. Seu corpo é muito eficiente na produção de leite e pode ter guardado fontes de gordura durante a gravidez, que agora podem ser usadas na produção de leite materno. Mas é preciso beber muita água. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *